Noticias

29/06/2018 Vereadores celebram Dia de São Pedro em tradicional procissão no Alecrim

Junto à multidão que percorreu as ruas do Alecrim na tarde desta sexta-feira (29), vereadores da Câmara Municipal de Natal estiveram presentes participando dos festejos pelos 99° aniversário da Paróquia de São Pedro, no bairro do Alecrim, neste dia do padroeiro que empresta seu nome à paróquia. A tradicional procissão dos peregrinos, seguida da Santa Missa, encerrou as comemorações que vinham ocorrendo nos últimos dez dias, numa extensa programação religiosa e social. Na ocasião, o presidente da Câmara, vereador Raniere Barbosa (Avante), destacou a importância da formação cristã ser valorizada para reforçar a formação cidadã.

"Vejo que a cada momento, a cada ano, o Poder Legislativo pode compartilhar desse momento junto aos paroquianos de São Pedro, visto que outros vereadores também participam das atividades dessa paróquia. A gente entende que a formação religiosa fortalece a formação cidadã", disse o parlamentar que tem uma história muito próxima com o bairro do Alecrim, já que foi lá que nasceu e foi batizado, sendo paroquiano de São Pedro. Assim como o Governo do Estado e a Prefeitura do Natal, a Câmara Municipal de Natal decretou ponto facultativo neste dia 29. 

O vereador Ubaldo Fernandes (PTC) também compareceu às festividades que, nesta tarde, contaram com a apresentação do Coral Canto da terra, coordenado pelo servidor da Câmara, Rafael Oliveira e formado por servidores do Estado. Eles cantaram pela primeira vez nos festejos de São Pedro e já participaram da canonização dos mártires de Cunhaú e Uruaçu, em Roma. Depois, foi a vez da apresentação do coral da liga contra o câncer, Voz do Amor. Todos os componentes deste coral fizeram traqueostomia pós câncer. "Esta é uma das festividades religiosas mais antigas e abrangentes de Natal. Até neste aspecto o bairro do Alecrim tem a vocação de atrair e reunir moradores de todas as partes da cidade", enfatizou Ubaldo.

São Pedro Apóstolo é considerado pela Igreja Católica como o primeiro bispo de Roma e o primeiro papa da igreja. Depois dele, os católicos já tiveram outros 266 papas. Conta a história que Pedro foi morto a mando do imperador romano Nero por professar a fé cristã. A morte teria ocorrido no dia 29 de junho. "Celebrar São Pedro é celebrar a vida e a ressurreição de Jesus presente na vida do povo. Celebrar a memória de São Pedro é celebrar a vida dessa comunidade que há 99 anos está unida na fé", disse o padre Francisco Motta, pároco da igreja de São Pedro, no Alecrim, destacando que no próximo ano os festejos pelo centenário da paróquia serão ainda mais intensos.

 

Texto: Cláudio Oliveira

Fotos: Marcelo Barroso

Voltar

event_note Informativo