Noticias

22/03/2019 No Dia Internacional da Síndrome de Down, Câmara realiza noite de homenagens

“Que o mundo que vivemos hoje, seja um mundo de conquistas efetivas, apesar das ameaças de retrocesso. Temos muito a conquistar no nosso território”. Essas foram algumas das palavras da advogada Margarida Seabra, durante a Sessão Solene em Homenagem ao Dia Internacional da síndrome de Down, de proposição da vereadora Nina Souza (PDT), que aconteceu na noite desta quinta-feira (21), no plenário Érico Hackradt. Os homenageados da festa estiveram acompanhados de amigos e familiares em um momento de muita emoção, principalmente para as mães, que ressaltaram o apoio da casa legislativa na inclusão das pessoas com Down na sociedade. Mãe do querido Jorge Câmara, o Jorgito, que é colaborador da Casa e um dos homenageados, Hermingarda Souza Leão agradeceu. “Aqui não tem preconceito, nem discriminação. Estou muito emocionada e feliz pelo amor que dão ao meu filho aqui na Câmara e o dia de hoje é uma prova de que apesar das limitações é possível se socializar”, disse. Há dez anos na Câmara Municipal de Natal, Jorgito também comentou a homenagem: “Estou muito feliz por esse momento tão inesperado e muito obrigado a todos os vereadores”, comentou.

O Presidente da Câmara Municipal, vereador Paulinho Freire (PSDB), falou da importância da solenidade que é uma das mais esperadas todos os anos. “Há cada ano que passa eles vêm ganhando mais espaço no mercado de trabalho e sendo inclusos na sociedade. E são comemorações e homenagens como essas, que fazem, cada vez mais, que eles prosperem”, afirmou. A propositora da Sessão Solene, vereadora Nina Souza (PDT), falou da luta diária que as pessoas com síndrome de Down e suas famílias passam e ressaltou a necessidade do respeito. “São dias que são marcos, que trazemos à tona a necessidade do respeito, da inclusão, da perseverança e de se dar subsídios para que as pessoas que possuem Down possam transpor barreiras e mostrar exemplos exitosos”, comentou.

“No dia 21 de março evidenciamos todas as pessoas com síndrome de Down na busca do respeito e inclusão. Isso é a prova de que é possível sim incluir as pessoas com Down no esporte e no mercado de trabalho", destacou a Presidente da Comissão dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida, vereadora Júlia Arruda (PDT). Estiveram presentes também várias entidades representativas, entre elas, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) Natal. A representante da associação aprovou a iniciativa do legislativo municipal que incentiva cada vez mais o lado humano, valorizando cada pessoa. “Trazer pra cá hoje várias pessoas com essa Síndrome valoriza cada um dos presentes”, disse Maísa Menezes, representante da APAE.

SÍNDROME DE DOWN

A síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior parte das células de um indivíduo. As pessoas com síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 21, têm 47 cromossomos em suas células ao invés de 46. Muitos pensam que a síndrome de Down é uma doença, mas não é, e sim uma condição da pessoa associada a algumas questões para as quais os pais devem estar atentos desde o nascimento da criança.

Texto: Kehrle Junior
Fotos: Verônica Macedo

Voltar

event_note Informativo