Noticias

09/11/2018 Cerimônia premia vencedores do concurso de redação da Câmara de Natal

Os estudantes vencedores do concurso de redação promovido pela Câmara Municipal de Natal foram premiados nesta quinta-feira (08) durante sessão solene que encerrou as festividades pelos 70 anos de reinstalação do Legislativo natalense após a era Vargas. Para participar do certame, os alunos de escolas públicas e privadas precisaram discorrer sobre a temática da participação do jovem no parlamento municipal. Três trabalhos foram selecionados tendo como autores Juan Lennon Aureliano Fernandes (Colégio Salesiano São José), Isa Medeiros de Souza (Colégio Salesiano São José) e Alejandra Susse Justis Gonzalez (Instituto Maria Auxiliadora).

De acordo com o presidente da Casa, vereador Raniere Barbosa (Avante), os jovens devem estar cientes dos acontecimentos políticos em suas localidades, nos municípios em que vivem. "Este concurso de redação é um chamado aos jovens para que assumam de fato, e de direito, o seu lugar na condução dos destinos administrativos de sua cidade. Já não é mais aceitável que nossa juventude, inteligente, dinâmica e criativa, fique relegada a planos secundários ou totalmente ignorada nos programas e projetos administrativos", defendeu.

Entre as personalidades homenageadas, a professora Udimar Pessoa, assistente técnica do Memorial da Câmara, falou que o Brasil precisa de políticas públicas voltadas para a juventude que ofereçam respostas para suas necessidades. "Trata-se de melhorar a qualidade de vida e favorecer ao máximo a participação dos jovens nas decisões políticas, sendo este parlamento um ator fundamental neste processo, haja vista que constitui o poder político mais próximo das pessoas", pontuou.

"Todos os alunos precisaram pesquisar, se voltar para o tema, tirar suas conclusões e escrever. Assim, cumprimos nosso papel de ser esse braço voltado para a formação e educação, não apenas do público interno, mas mantendo esse elo com a sociedade", destacou a diretora da Escola do Legislativo Wilma de Faria, professora Michele Paulista.

Juan Lennon afirmou que o prêmio serve de incentivo para continuar os estudos com afinco. "Fiquei muito feliz e até surpreso com o resultado. Mas eu sempre me interessei por política porque acredito que ela é um instrumento de transformação da sociedade", disse ele, que alcançou a primeira colocação no concurso. Isa Medeiros, também do Colégio Salesiano, acredita que seu êxito se deve ao interesse por história. "É uma disciplina que gosto bastante, que considero rica em conhecimentos sobre várias áreas da vida", avaliou. Alejandra Gonzalez, do Instituto Maria Auxiliadora, lembrou que o período de preparação para o ENEM ajudou a melhorar seu desempenho no concurso. "O jovem precisa se posicionar e assumir um papel de protagonismo na política para implementar mudanças que melhorem a vida de todos", concluiu.


Texto: Junior Martins
Fotos: Verônica Macedo

Voltar

event_note Informativo